Arquivos da categoria: Polícia Militar Ambiental

Protetores Ambientais de Maracajá visitam Museu de Zoologia da Unesc

  maracajaprotetor1

As belezas e curiosidades do Museu de Zoologia Prof. Morgana Cirimbelli Gaidzinski, da Unesc, foram conhecidas de perto na tarde da terça-feira, 16, por 30 adolescentes de Maracajá, participantes do Programa Protetor Ambiental, da Polícia Militar.

O grupo, formado por alunos de 12 a 14 anos das redes municipal e estadual de ensino de Treviso, foi acompanhado pelos responsáveis pela ação, cabo Leandro Ghellere e sargento Roberta Matos.

O Programa Protetor Ambiental é executado pela Polícia Militar Ambiental de Maracajá e realizado com recursos fornecidos pelo Ministério Público Estadual. Na ação são selecionadas 30 crianças por turma para participarem de 180 horas/aula ao longo do ano sobre os mais variados conteúdos ligados a proteção do meio ambiente, como fauna, flora, legislação ambiental e recursos hídricos, além de fundamentos sobre a Polícia Militar.

maracajaprotetor4

maracajaprotetor2

Conforme a sargento Roberta, há 10 anos a Polícia Militar Ambiental de Maracajá realiza o projeto com a intenção de preparar melhor os adolescentes para o futuro e sempre faz questão de visitar a Universidade. “Geralmente as vagas para participar das turmas são bastante concorridas. Ao ingressar no projeto o adolescente participa de uma aula por semana no período da tarde e adquire muitos conhecimentos que vão levar para a vida, além de poder acrescentar essa experiência em seu currículo”, acrescenta.

No Oeste de Santa Catarina, de acordo com a sargento, o projeto é realizado a mais tempo, o que já se reflete na formação de ex-alunos em profissões ligadas ao aprendizado obtido e instigado pela passagem pelo Protetor Ambiental.

O estudante Maicon da Rosa, de 15 anos, poderá ser um desses exemplos no Sul. Ele, que visitou pela segunda vez a Unesc, pensa em seguir carreira militar como sugestão do avô e participa do projeto para avaliar a ideia. “Além de aprender muita coisa interessante, eu participo para ver se gosto dessa área e de repente fazer essa escolha para a minha carreira no futuro. É uma chance de viver mais de perto essa opção”, destacou. Fonte: https://www.portalveneza.com.br

maracajamuseu

Museu

O Museu de Zoologia Prof.ª Morgana Cirimbelli Gaidzinski da Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC foi fundado no dia 26 de setembro de 2002, em parceria com o 10º Pelotão da Guarnição Especial de Polícia Militar Ambiental e com o apoio da Fundação de Ciência e Tecnologia- FUNCITEC.

O acervo do Museu foi se constituindo a partir do ano de 1993, no curso de Ciências, por meio da disciplina de Zoologia que era ministrada pela professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski – idealizadora e fundadora do Museu de Zoologia.Fonte: http://museudezoologia.unesc.net/

 

 

Mais informações: pmamaracajacmt@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309 

Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Programa Protetor Ambiental da Melhor Idade da Polícia Militar Ambiental realiza aula inaugural em Chapecó

   chapecoprotetor4

A noite de quinta-feira, 11, foi especial para um grupo de estudantes da Universidade da Melhor Idade, em Chapecó.

Em parceria com a Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), o Comando de Policiamento Militar Ambiental (CPMA), por intermédio do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), realizou a aula inaugural do programa “Protetor Ambiental da Melhor Idade” (PROA).

chapecoprotetor1

O Programa tem o propósito de oferecer oportunidade de aprendizado sobre o meio ambiente de maneira lúdica, com práticas pedagógicas, aproveitando a experiência de vida de cada aluno. O programa também objetiva capacitar os participantes para atuarem como multiplicadores de temas ligados às questões ambientais, no âmbito do município de Chapecó e da comunidade onde estão inseridos.

Na ocasião também foi realizada a assinatura do termo de cooperação entre o CPMA e a Unoesc. Agora, os 30 alunos terão aulas teóricas e práticas sobre legislação ambiental, educação ambiental, fauna, flora, recursos minerais e recursos hídricos, além de saídas a campo para colocar em prática o que aprenderam em sala de aula até o mês de dezembro.

chapecoprotetor2

O comandante do CPMA, coronel Marcelo Pontes, destacou em sua fala durante o evento a importância de oferecer educação ambiental para todas as idades como instrumento de conscientização, “a Polícia Militar de Santa Catarina tem vários programas institucionais que visam a participação da comunidade e o PROA da Melhor Idade será mais uma dessas ferramentas, pois será ministrado para pessoas com uma grande experiência de vida e sabedoria, qualidades que, aliadas aos conceitos ambientais, fazem a diferença para a sociedade”, finalizou o coronel Pontes. Fonte:PMA/SC / Fotos: 3º Sargento Celiane Schaefer, P5 2ºBPMA

 

Mais informações: pmachapecocmt@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Novo grupo de jovens Protetores Ambientais está sendo formado pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina

protetorsite

A 10° Turma de Protetores Ambientais de Florianópolis- TURMA JULIET iniciou o curso, promovido pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, no dia 19 de junho de 2019.

protetorsite3

protetorsite9

A aula inaugural contou com a presença de autoridades, instrutores, pais e alunos, além do disciplinado grupamento dos protetores ambientais veteranos. 

O curso será realizado no Centro de Educação Ambiental – CEA da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, localizado no Parque Estadual do Rio Vermelho, e terá carga horária de 180 horas aula. Nesse período, os alunos receberão aulas teóricas e práticas que envolverão os temas ecologia, recursos hídricos, gestão de resíduos, da flora e da fauna, unidades de conservação e atividades relacionadas aos aspectos regionais e culturais, além de conteúdo sobre a Polícia Militar de Santa Catarina. 

protetor4

Na ocasião, o Senhor Capitão Guilherme Silvy, Comandante da 1ª Companhia do 1° Batalhão de Polícia Militar Ambiental, apresentou o Tenente Schneider que assumiu o comando o 1° Pelotão de Polícia Militar Ambiental – Parque Estadual do Rio Vermelho. 

pma3

Os monitores da turma JULIET, também foram apresentados aos pais e protetores – veteranos e novatos. A Sub Tenente PM Márcia Maria Constantino Salvio e o Soldado PM Antonio Carvalho Wilson serão os responsáveis pela nova turma que começou sua caminhada com muita empolgação 

protetorsite8

A aula inaugural foi proferida pelo Sub Tenente PM Marcelo Duarte, do 1° pelotão da primeira companhia do 1° Batalhão da PMA, e teve como tema "Teia alimentar". Com os conhecimentos transmitidos na palestra, os alunos terão uma base de conhecimento para a continuação do curso.

Após a palestra, os convidados congratularam-se durante coquetel oferecido pelo Costão do Santinho, que é o apoiador do programa, juntamente com a empresa Canasvieiras Transportes.

protetorsite10

AULA DE INTRODUÇÃO A PMSC E A PMA

No dia 12 de Junho de 2019 aconteceu o segundo encontro da TURMA JULIET, quando o Sargento Campos, da PMA, juntamente com o Protetor Veterano Ricardo ministrou uma breve aula sobre ordem unida e patentes da Polícia Militar de SC.

Após o intervalo, houve a adoção de plantas, as quais os protetores devem cuidar e aprender sobre durante o curso.Com um pequeno tempo de sobra, e com a ajuda de protetores veteranos ali presentes, foi feito um jogo para os novos protetores se adaptarem ao uso da ordem unida durante o curso.

 

BIODIVERSIDADE

protetorsite4

No dia 26 de junho, os protetores da Turma JULIET viveram uma tarde bastante proveitosa. Ocorreu o primeiro encontro com o Subtenente Marcelo em que aprenderam de maneira dinâmica com a disciplina de biodiversidade a interatividade com todos os seres vivos. 

No segundo período, colocaram as placas em suas respectivas plantas e logo após tiveram aula com os Protetores Veteranos Kauan e Leonardo sobre biomas brasileiros e conheceram um pouco mais da diversidade de flora no nosso país. 

protetorsite5

Aula de comportamento em trilhas e história de polícia militar ambiental

Continuando as atividades do curso, nos dias 28 de junho e 03 de julho de 2019, os protetores ambientais da TURMA JULIET tiveram aula sobre como se comportar em trilhas, muito importante para saberem a postura necessária que devem ter durante as, também chamadas, caminhadas ecológicas, e sobre a história da Polícia Militar Ambiental, para saberem onde estão localizados e com que profissionais estão socializando.

protetorsite6 protetorsite7

AULA COM OS BOMBEIROS

Nos dias 05 e 10 de julho os protetores ambientais da Turma JULIET desfrutaram uma tarde bastante benéfica. Ocorreu o encontro com o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina em que aprenderam de maneira lúdica noções básicas de primeiros socorros e combate a incêndios. Assimilaram na prática como agir nessas situações. Ao final do dia, os protetores puderam manusear os diversos utensílios que a viatura para combate a incêndios e salvamento dispõe.

Programa Protetor Ambiental: "Proteger é nossa natureza"

 

Mais informações: http://pma-educa.blogspot.com/

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309 

Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Programa Protetor Ambiental é realizado em Marema pela Polícia Militar Ambiental

 maremaprotetor2

Capacitar adolescentes para atuarem como defensores ambientais e multiplicadores dos saberes ecológicos. Essa é a meta do Programa Protetor Ambiental, desenvolvido pelo Grupo de Educação Ambiental (GEA), do 2° Batalhão de Polícia Militar Ambiental, com sede em Chapecó.

Em Marema, a ação conta com a participação de 32 estudantes de 7ª e 9ª séries, do colégio Profº Zelindo Carbonera.

Contribuem com as ações, profissionais da Epagri e da Prefeitura Municipal. Uma das primeiras atividades dos protetores ambientais, foi a participação juntamente com os instrutores, da programação da 2ª Festa da Polenta. Os protetores ambientais também visitaram a propriedade rural de Elton Sinski, no interior do município. No local, acompanharam a colocação de um passador de gado e a orientação quanto a preservação de uma fonte modelo Caxambu.

maremaprotetor

De acordo com os coordenadores do Programa, as aulas práticas são muito importantes, é quando os jovens vivenciam as orientações de preservação ambiental repassadas em sala de aula.

A formatura do Programa Protetor Ambiental, acontecerá no mês de novembro. Até lá, os alunos apreenderão noções de ecologia, gestão de recursos hídricos, gestão de resíduos, gestão da flora e fauna, unidades de conservação e outros assuntos relacionados ao meio ambiente. Participarão de atividades extracurriculares como eventos de cunho ambiental, palestras, seminários, campanhas educativas, acampamentos e viagens de estudos. Os jovens serão capacitados para atuar como defensores ambientais e multiplicadores dos saberes ecológicos.

 

Mais informações: pmachapecocmt@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Protetores Ambientais de São Joaquim visitam 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental em Lages

sjoaquimprotetor

O grupo de jovens, do município de São Joaquim, em formação no curso de Protetores Ambientais tiveram um dia de grandes experiências. Eles conheceram a sede da Polícia Militar Ambiental de Lages, onde foram recepcionados pelo Comandante da subunidade, Capitão Marafon.

Alí puderam conhecer um pouco da função de cada seção, bem como toda estrutura física do quartel do 2º Polícia Militar Ambiental de Lages.

No período vespertino, os alunos acompanharam uma instrução no Canil Setorial de Lages, com os policiais Cb Damasco, Sd Simão, Sd Pisseti e Sd Piloneto, que apresentaram o trabalho realizado com cães na Serra Catarinense, sua adestração e a formação do cão para atuar com a Polícia Militar no combate ao crime.

Os alunos também visitaram a Cavalaria de Lages, onde tiveram instrução com o 3º Sgt Rudnei, que repassou todos os cuidados e atividades desenvolvidas com os cavalos na região, finalizando, assim, o dia de aprendizado dos alunos.

 

Mais informações: pmalagesp3@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Florianópolis ganha mais um grupo de jovens protetores ambientais

 fpolisprotetor1

A Polícia Militar Ambiental realizou a solenidade de formatura de mais uma turma do Programa Protetores Ambientais de Florianópolis, Turma Índia/2019.

fpoisprotetor2

A solenidade foi um ato que emocionou a todos presentes e contou com a presença do subcomandante-geral, coronel Cláudio Roberto Koglin, do chefe do Estado Maior Geral da PMSC, coronel Carlos Alberto Fritz Bueno, do comandante do Comando de Policiamento Ambiental, coronel Adilson Schlickmann Sperfeld, do comandante do 1°Batalhão de Polícia Militar Ambiental, tenente-coronel Ricardo Cordeiro Comelli, além de professores, apoiadores, familiares e demais autoridades. Entre muitas emoções, destacou-se a premiação da 1° colocada do curso, protetora Eloisa Bianchezzi Rosa.

fpolisprotetor10

fpolisprotetor3

fpolisprotetor12

fpolisprotetor9

fpolisprotetor13

O evento foi realizado no Resort Costão do Santinho e contou com a presença do senhor Fernando Marcondes de Mattos, apoiador do PROA. Outros apoiadores de fundamental importância são os pais, de amigos e familiares, a Casan, Defesa Civil de Santa Catarina, Cidasc, Bope, Cavalaria, Associação R3Animal, ECOPaerve, os quais ajudam na educação e conscientização da preservação ambiental.

fpolisprotetor6

fpolisprotetor7

fpolisprotetor8

O curso contou com uma grade curricular de 230 horas/aula de instruções, abordando os mais diversos temas, entre os quais: aulas de História da Polícia Militar; Gestão de Fauna; Gestão de Flora; Pesca; Gestão de Resíduos; Unidades de Conservação; Consumo Sustentável; Oratória e Primeiros – Socorros. Numa dinâmica mais prática, foram realizadas várias saídas a campo, entre elas: visita ao museu da Companhia de Melhoramento da Capital (Comcap), ao BOPE, Cavalaria, ao Tamar, ao Museu de Armas e caminhada na trilha Ratones-Costa da Lagoa.

fpolisprotetor4

No evento foram apresentadas algumas peças de artesanatos confeccionadas com materiais produtos de apreensão pela Polícia Militar Ambiental (rede de arrasto e gaiolas) e com materiais oriundos de lixo marinho (rede). Desses materiais, foram confeccionados objetos de decoração e sacolas retornáveis. Ainda foram apresentadas peças artesanais de animais silvestres confeccionadas com feltro e materiais diversos.A oficina de artesanato contou com a participação da Associação dos Pais dos Protetores Ambientais – ECO Paerve.

 

HISTÓRIA DO PROTETOR AMBIENTAL EM FLORIANÓPOLIS

O Protetor Ambiental nasceu em 1999 na cidade de Rio do Sul – SC, e se espalhou pelo estado graças ao sucesso alcançado em suas edições em cada município.

Em Florianópolis a primeira turma (turma Alfa) foi formada em 1996. Depois, por falta de apoio financeiro, o programa ficou sem continuidade na Capital de Santa Catarina. 

No ano de 2010 o Comando da 1ª Companhia de Polícia Militar Ambiental, com sede em Florianópolis, decidiu reativar o programa sediando as atividades no Parque Estadual do Rio Vermelho. Foi nesse ano que iniciaram as atividades no Centro de Educação Ambiental – CEA. 

Foi no CEA que em 2011 entrou a segunda turma de protetores (turma bravo). Essa turma abriu o caminho para outras turmas que se sucederam ano após ano.

Nossa história e seus personagens estão nas fotos, videos, reportagens, entrevistas e demais registros que guardamos com carinho no blog e no coração de cada adolescente e adulto que fizeram e fazem parte dessa história.

fpolisprotetor5

Protetor Ambiental – Nossa missão é proteger!

Fonte e mais fotos: http://pma-educa.blogspot.com/  https://www.facebook.com/Proaflorianopolis2016/

 

Mais informações: http://pma-educa.blogspot.com/

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Santa Catarina forma primeira turma de Polícia Ostensiva Rural

pmalages

A Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, realizouem Lages a formatura da primeira turma do curso de Polícia Ostensiva Rural (CPOR). O evento aconteceu na sede da 1° Companhia do 2° Batalhão de Polícia Militar Ambiental.

Os policias especialistas em segurança no campo estarão aptos ao combate de crimes rurais, como abigeato, roubo de insumos agrícolas e máquinas.

A convite do Comandante-Geral da Polícia Militar Ambiental, Coronel Adilson SchlickmannSperfeld, e do Comandante do 2° Batalhão da Polícia Militar Ambiental, Tenente-Coronel Jorge Luiz Haack, o Secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, palestrou aos formandos sobre as perceptivas, desafios e importância do agronegócio para Santa Catarina.

“Ao investir em segurança no meio rural nós estamos garantindo a continuidade do funcionamento da nossa economia, que gera milhares de empregos, renda e oportunidades no nosso estado. Esse policiamento ostensivo no meio rural vai dar uma grande contribuição, porque a segurança é um fator decisivo para motivar as pessoas a permanecerem no meio rural”, ressaltou o Secretário.

 

Mais informações: pmalages3@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Protetores ambientais visitam Promotoria de Justiça de Canoinhas

canoinhas protetor

A visita teve como propósito apresentar aos adolescentes de Canoinhas a atuação do Ministério Público na área do meio ambiente. Também foi apresentado aos jovens um programa que estimula a honestidade e o combate à corrupção.

Iniciativa que reúne estudantes de escolas públicas e privadas de várias regiões do Estado em prol do meio ambiente, o Programa Protetor Ambiental levou os alunos da turma de Canoinhas para visitar a 3ª Promotoria de Justiça da comarca. Sob a coordenação do 3º Sargento PM Alisson Sérgio Walter, 17 alunos da turma conheceram a atuação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) na área ambiental.

A Promotora de Justiça Ana Paula Destri Pavan, titular da Promotoria do Meio Ambiente, recebeu os visitantes e explicou que compete ao Ministério Público zelar pelo meio ambiente por tratar-se de um direito difuso, ou seja, que pertence a todos, inclusive às próximas gerações. 

"O Programa Protetor Ambiental é revelante não só para a proteção do meio ambiente, mas para a formação cidadã desses jovens, que replicam os conhecimentos adquiridos em suas famílias e escolas. Essa visita foi uma experiência que permitiu aos alunos conhecer um pouco mais da atuação do Ministério Público, tornando a Instituição ainda mais transparente e próxima da sociedade", complementou Ana Paula.

Os alunos também conheceram o Programa Cultivando Atitudes. A iniciativa tem como foco apresentar a Instituição a crianças e adolescentes, voltado para o fortalecimento da honestidade nas relações interpessoais, construção da cidadania e prevenção da corrupção.

Cada um dos alunos recebeu o Kit do Programa. Para melhor assimilarem o conteúdo conversado, a Promotora de Justiça pediu para que os estudantes lessem em voz alta as frases impressas nos lápis do kit e foi relacionando as mensagens com o conceito de cidadania.

Ao final, os estudantes conheceram a estrutura do Fórum da comarca de Canoinhas e o Sargento Alisson, coordenador do Programa Protetor Ambiental, recebeu um Certificado de Multiplicador do Programa Cultivando Atitudes.

A visita foi combinada em agosto, quando a Promotora de Justiça realizou uma aula magna para a atual turma do programa. "São adolescentes muito dedicados e interessados, não apenas em questões do meio ambiente, mas também em noções de cidadania, respeito, ética e democracia. Para se tornarem Protetores Ambientais, eles passaram inclusive por um teste seletivo, cuja nota de corte foi bem alta. Isso mostra a preocupação deles com as causas ambientais".

Antes de irem embora, os protetores ambientais presentearam Ana Paula com um terrário feito em lata de sardinha, onde estavam plantadas mini suculentas e cactus. O material foi produzido após uma aula que tiveram sobre gestão de resíduos sólidos e reciclagem.

O projeto

O Programa Protetor Ambiental é oferecido pela Polícia Militar Ambiental a adolescentes de 12 a 14 anos de idade. Os encontros são semanais e gratuitos. São oferecidas aulas temáticas, com capacitação para atuarem como defensores ambientais, multiplicadores da consciência ecológica. A primeira turma foi montada em 1999 em Rio do Sul. Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

Mais informações: https://www.mpsc.mp.br/

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Polícia Militar Ambiental realiza reunião com os pais dos novos protetores ambientais de São Miguel do Oeste

smoesteprotetor

A Policia Militar Ambiental realizou em sua sede, uma reunião com os pais dos novos protetores ambientais de São Miguel do Oeste.

O objetivo do encontro foi repassar aos pais dos novos alunos as principais informações do programa, o qual deverá iniciar os encontros já na próxima semana, sendo que as aulas e atividades serão realizadas na própria sede da PMA em São Miguel do Oeste.

Para o Comandante da PMA, Capitão PM Everton Roncaglio, esse encontro com os pais é de fundamental importância, pois é a oportunidade de repassar todas as informações a respeito, sanar eventuais dúvidas e deixá-los muito tranquilos quanto a seriedade e cuidados que seus filhos terão durante as atividades. Além disso, é uma grande satisfação para a PMA receber em sua casa todas essas famílias que, doravante, passam a comungar do mesmo objetivo no tocante as questões ambientais. Fonte: Jornal Regional


Mais informações: pmasmocmt@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4307
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

No município de Santa Terezinha Polícia Militar Ambiental localiza grande área desmatada

pmadesmatamento1 

No dia 24 de abril, a guarnição da Polícia Militar Ambiental de Rio do Sul deslocou até a localidade de Picadão Bahia, no município de Santa Teresinha, para o atendimento de denúncia de supressão de vegetação nativa.

pmadesmatamento2

Ao chegar no local, foi constatada a retirada de vegetação nativa, sem prévia autorização, de uma área próxima à residência do denunciado. Ainda na residência do mesmo denunciado, foram encontrados 17 pássaros nativos em cativeiro, sendo três Azulões, sete Trinca-ferros, dois Coleirinhas, três Bicos-de-pimenta e dois Curiós. Todas as aves foram apreendidas e levadas ao biólogo, o qual atestou que todos tinham condições de soltura, sendo em seguida soltos.A multa emitida pelos pássaros e pela quantidade de hectares desmatados totalizou R$ 40 mil. Fonte:PMA Rio do Sul - Unidade:CPMA/1ºBPMA/2ªCia/3ºPel – 3º Pelotão de Polícia Militar Ambiental

Mais informações: ma2c3pcmt@pm.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4307
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br