Arquivos da categoria: Educação Sanitária

Projeto Sanitarista Junior promove educação sanitária para jovens e crianças do estado

cidascsanitaristajr

Desde 2015, o Projeto Sanitarista Junior vem aproximando a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Sanata Catarina – Cidasc dos catarinenses e trabalhando a Defesa Sanitária como tema transversal no currículo das escolas do estado.

Durante o ano foram formadas parcerias com 82 escolas de 41 municípios e alcançados 2400 crianças. O Projeto prevê a introdução transversal do tema da Defesa Agropecuária no Projeto Político Pedagógico das escolas parceiras, para crianças a partir de 9 anos de idade, que cursam o 4º ano do ensino fundamental.

O f Projetooi implantado pela Cidasc nas escolas de Santa Catarina em fevereiro de 2015, com o objetivo promover a mudança de atitudes e comportamentos frente aos problemas sanitários desde o período escolar, melhorando direta e indiretamente a saúde das pessoas, dos animais, das plantas e do meio ambiente.

Em 2018 foram realizadas diversas atividades visando melhorias e expansão do Projeto, entre elas estão: um curso de Práticas Pedagógicas para Educação Sanitária, que contou com 48 participantes entre médicos veterinários, engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas; publicação do Livro do Professor e do Caderno de Atividades dos Alunos do Projeto Sanitarista Junior; publicação do jogo de tabuleiro da Agricultura Orgânica; apresentação do Projeto Sanitarista na 6ª Conferência Nacional e I Internacional em Defesa Agropecuária na Bahia; formalização de Convênio junto ao Fundo de Reconstituição de Bens Lesado – FRBL do Ministério Público de Santa Catarina – MP/SC no valor aproximado de 300 mil reais para reprodução de material educativo;

“Com a ampliação dos materiais didáticos em 2018, como o Livro do Professor e o Caderno de Atividades dos Alunos, proporcionou maior autonomia para os professores no desenvolvimento do projeto em sala de aula” ressalta a engenheira agrônoma da Cidasc e coordenadora do projeto Patrícia Almeida Barroso Moreira.

Neste ano, as atividades do Projeto ocorreram em todas as escolas parceiras e contribuiu com as finalidades da educação sanitária, que é compreendida como atividade estratégica e instrumento da defesa agropecuária com fins de garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva agropecuária e da sociedade em geral no cumprimento dos objetivos.

Para motivar ainda mais o interesse das crianças pelas ações do projeto, os encontros além da teoria, envolvem saídas de campo, vídeos ilustrativos, jogos e contato direto com profissionais da área. São estruturadas com o uso de material didático próprio, abordando outros temas como bem-estar animal, doenças e pragas, formas de prevenção e ações voltadas à preservação do meio-ambiente, otimização de recursos naturais, uso consciente de agrotóxicos, o trabalho desenvolvido pela Companhia em diferentes áreas, entre outros. As aulas são ministradas por engenheiros agrônomos, médicos veterinários e técnicos agrícolas, juntamente com os professores das escolas.

Em sala de aula, os alunos aprendem que as ações de defesa agropecuária, desenvolvidas e executadas pela Cidasc, visam garantir a manutenção da sanidade das populações vegetais e animais, a idoneidade dos insumos e dos serviços utilizados na agropecuária catarinense, bem como garantir a identidade higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos agropecuários destinados aos consumidores. E, por meio das vivências do projeto, as crianças se tornam multiplicadoras das ações de defesa e passam a contar com a Cidasc como parceira nas melhorias da produção e qualidade de vida no campo.

Mais informações: www.cidasc.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Crianças catarinenses aprendem lições sobre defesa agropecuária através do Projeto Sanitarista Junior

cidasccrianças1   

O ano de 2017 iniciou e com ele as atividades do terceiro ano em que o Projeto Sanitarista Junior está aproximando a Cidasc dos catarinenses e trabalhando a Defesa Sanitária como tema transversal no currículo das escolas do estado.

cidasccrianças2

O Projeto, que foi implantado pela Cidasc nas escolas de Santa Catarina em fevereiro de 2015, tem como objetivo promover a mudança de atitudes e comportamentos frente aos problemas sanitários desde o período escolar, melhorando direta e indiretamente a saúde das pessoas, dos animais, das plantas e do meio ambiente.

cidasccrianças4

cidasccrianças3

Neste ano, as atividades do Projeto já estão ocorrendo em todas as escolas parceiras e contribuindo com as finalidades da educação sanitária, que é compreendida como atividade estratégica e instrumento da defesa agropecuária com fins de garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva agropecuária e da sociedade em geral no cumprimento dos objetivos.

Para motivar ainda mais o interesse das crianças pelas ações do projeto, que conta com aulas expositivas e saídas a campo para que os estudantes tenham um contato mais próximo com a defesa agropecuária, todo o material didático utilizado foi atualizado e ampliado.

Para a coordenadora estadual do Projeto Sanitarista Junior, a engenheira agrônoma da Cidasc Patrícia Almeida Barroso Moreira, “O Projeto Sanitarista Junior completa em 2017 sua 3º edição. Fechamos o ano de 2016 com 67 escolas envolvidas, alcançando 3.500 crianças em todo o estado. Neste ano de 2017 estamos com 60 escolas parceiras, em 30 municípios, alcançando 2.162 crianças e esperando superar os números de 2016”.

Educação Sanitária

O Projeto Sanitarista Junior é uma das principais ações de Educação Sanitária desenvolvidas pela Cidasc em Santa Catarina. A Educação Sanitária em Defesa Agropecuária é atividade estratégica e instrumento da Defesa Agropecuária, que visa garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva agropecuária e da sociedade em geral no cumprimento dos objetivos.

Entende-se como Educação Sanitária em Defesa Agropecuária o processo ativo e contínuo de utilização de meios, métodos e técnicas capazes de educar e desenvolver consciência crítica no público-alvo. As diretrizes do Programa Estadual de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária realizado pela Cidasc são a promoção da compreensão e aplicação da legislação de Defesa Agropecuária pelos entes envolvidos nas cadeias produtivas agropecuária e pela sociedade em geral; a promoção de cursos de educação sanitária para diversos públicos-alvo; a formação de multiplicadores; a promoção de intercâmbio de experiências e desenvolvimento de projetos interinstitucionais; e a utilização dos meios de comunicação como instrumento de formação e de educação.

 

Mais informações: www.cidasc.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4307
Endereço eletrônico: imprensa@microbacias.sc.gov.br

Projeto Sanitarista Junior é símbolo de educação sanitária em Santa Catarina

cidascprojeto

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina – Cidasc, empresa pública vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, é responsável pela defesa agropecuária de Santa Catarina e para suprir as demandas da área conta com Departamentos de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, desenvolve o Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal e trabalha em parceria com as prefeituras para desenvolver ações de educação sanitária no estado.

A educação sanitária em defesa agropecuária é uma atividade estratégica, instrumento da defesa agropecuária, que visa garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva agropecuária e da sociedade em geral no cumprimento dos objetivos.

Entende-se como educação sanitária em defesa agropecuária o processo ativo e contínuo de utilização de meios, métodos e técnicas capazes de educar e desenvolver consciência crítica no público-alvo.

Para alcançar tais objetivos, em fevereiro de 2015 a Cidasc implantou o Projeto Sanitarista Junior nas escolas catarinenses. O Projeto está alinhado aos preceitos da Lei nº 9.712, de 20 de Novembro de 1998, que define os objetivos da Defesa Agropecuária e do Decreto nº 5.741, de 30 de Março de 2006, que regulamenta o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária – SUASA, especialmente seu artigo 39 que dispõe sobre a educação sanitária em defesa agropecuária.

O Projeto Sanitarista Junior foi elaborado a partir da construção do Programa Estadual de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária, documento produzido pelo Comitê de Educação Sanitária, composto por engenheiros agrônomos e médicos veterinários da Cidasc.

As ações de defesa agropecuária, desenvolvidas e executadas pela Cidasc, visam garantir a manutenção da sanidade das populações vegetais e animais, a idoneidade dos insumos e dos serviços utilizados na agropecuária catarinense, bem como garantir a identidade higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos agropecuários destinados aos consumidores.

O objetivo do trabalho educativo é promover a mudança de atitudes e comportamentos frente aos problemas sanitários desde a escola, melhorando direta e indiretamente a saúde das pessoas, dos animais, das plantas e do meio ambiente.

O Projeto Sanitarista Junior teve início por meio de um convênio firmado entre Cidasc, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA e a Vigilância Sanitária Estadual de Santa Catarina, no qual foi desenvolvido o conteúdo da cartilha “Sanitarista Junior em Defesa da Agropecuária”, com tiragem de 7.313 exemplares. Esse material é utilizado didaticamente como apoio à introdução transversal do tema da defesa agropecuária no Projeto Político Pedagógico das escolas parceiras, para crianças a partir de 9 anos – 4º ano do Ensino Fundamental.

Em dezembro de 2014 foram capacitados 50 profissionais vinculados ao projeto Sanitarista Junior, sendo 47 da Cidasc, 1 da Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca e 2 da Superintendência Federal da Agricultura – SFA – MAPA/SC.

O cronograma estipulado no plano de trabalho do Projeto Sanitarista Junior prevê o início das atividades no início do ano letivo, com a primeira audiência entre as autoridades municipais e a Cidasc para apresentação do projeto e formalização da parceria.

Efetivando-se a parceria, a Cidasc realiza a capacitação dos docentes que tratarão do tema da defesa agropecuária em sala de aula e acompanha o andamento do projeto realizando palestras magnas e orientando saídas de campo.

Por meio dos recursos disponibilizados pelo convênio entre a Cidasc e o Fundo de Restituição de Bens Lesado – FRBL/MPSC, realizamos em 2015 o reaparelhamento das equipes da educação sanitária e a elaboração de novos conteúdos correlatos à defesa agropecuária.

Em 2016 foi aprovado aditivo ao convênio SUASA formalizado entre a Cidasc e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, com o objetivo de ampliação dos alcances do projeto e o aprimoramento dos recursos didáticos utilizados por meio de consultoria pedagógica, elaboração de um livro do professor e de um caderno de atividades, entre outros.

Como meta do convênio firmado entre Cidasc e MAPA foi realizado em maio de 2016 um curso de educação sanitária para os profissionais da defesa agropecuária (engenheiros agrônomos, médicos veterinários e técnicos agrícolas) para o desenvolvimento de habilidades de oratória, expressão corporal, comunicação dirigida, autoestima e motivacional.

Atualmente, o projeto encontra-se implantado em 67 escolas, de 33 municípios de Santa Catarina, alcançando 3452 crianças.Fonte: Patrícia Almeida Barroso Moreira, engenheira agrônoma da Cidasc e Coordenadora Estadual do Projeto Sanitarista Junior

 

Mais informações: www.cidasc.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4307
Endereço eletrônico: imprensa@microbacias.sc.gov.br