Agroindústria de bolachas gera renda no campo

lagesagroindistria  

As agroindústrias estão espalhadas por todo estado. Grandes ou pequenas, elas são a aposta de mais renda para muitas famílias no campo. A venda de produtos coloniais pode fazer a diferença na hora de uma propriedade contabilizar os lucros. A implantação de uma unidade de produção fez a diferença para uma família na região do Planalto Serrano.

Muito talento com as mãos, paciência e habilidade.  Acima de tudo, satisfação em trabalhar com alimentos. A dona Marina Xavier de Morais, agricultora de Lages, passa a maior parte do tempo na sua agroindústria de bolachas e panificação.

lagesagroindustria2

Uma ideia que começou devagar, mas que hoje faz render 60 kg de bolacha por mês, além das 100 cucas vendidas nos finais de semana nas feiras locais. Aliás, feiras que foram fundamentais para o projeto sair do papel e gerar renda por meio de produtos coloniais. “A D. Marina sempre quis participar da feira solidária. Fizemos o projeto, capacitamos, demos curso e conseguimos incluí-la nesse espaço, o que trouxe mais renda e a chance dela continuar no campo”, explica Vanessa Aparecida Melo, extensionista rural da Epagri.

A agroindústria hoje representa a principal fonte de renda da família, que também atua com bovinocultura de leite e de corte. O marido deixou de ser empregado na cidade para ajudar com as entregas no comércio. Com o aumento da renda, a família fixou-se de vez no campo e ainda pôde investir em infraestrutura para melhorar as atividades. “Nosso sítio é pequeno, a safra é pouca e só uma vez por ano. Então a agroindústria é hoje minha principal fonte de renda”, conta D. Marina.

lagesagroindustria3

Na cozinha, D. Marina trabalha sozinha, não têm ajudantes. Por isso, equipar a unidade com máquinas e equipamentos profissionais foi fundamental para que ela conseguisse volume de produção. O forno industrial, por exemplo, é novinho e consegue triplicar a produção em relação aos assadores que D. Marina utilizava. Até porque, além de atender os clientes das feiras e do comércio, ela também passou a integrar o programa nacional de alimentação escolar.

Confira a reportagem completa em vídeo e acesse outras produções da TV da Epagri no nosso canal no YouTube. https://www.youtube.com/watch?v=eHk7eWDuMYQ&t=114s

 

Mais informações:emlages@epagri.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4307
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>