Protetores ambientais visitam Promotoria de Justiça de Canoinhas

canoinhas protetor

A visita teve como propósito apresentar aos adolescentes de Canoinhas a atuação do Ministério Público na área do meio ambiente. Também foi apresentado aos jovens um programa que estimula a honestidade e o combate à corrupção.

Iniciativa que reúne estudantes de escolas públicas e privadas de várias regiões do Estado em prol do meio ambiente, o Programa Protetor Ambiental levou os alunos da turma de Canoinhas para visitar a 3ª Promotoria de Justiça da comarca. Sob a coordenação do 3º Sargento PM Alisson Sérgio Walter, 17 alunos da turma conheceram a atuação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) na área ambiental.

A Promotora de Justiça Ana Paula Destri Pavan, titular da Promotoria do Meio Ambiente, recebeu os visitantes e explicou que compete ao Ministério Público zelar pelo meio ambiente por tratar-se de um direito difuso, ou seja, que pertence a todos, inclusive às próximas gerações. 

"O Programa Protetor Ambiental é revelante não só para a proteção do meio ambiente, mas para a formação cidadã desses jovens, que replicam os conhecimentos adquiridos em suas famílias e escolas. Essa visita foi uma experiência que permitiu aos alunos conhecer um pouco mais da atuação do Ministério Público, tornando a Instituição ainda mais transparente e próxima da sociedade", complementou Ana Paula.

Os alunos também conheceram o Programa Cultivando Atitudes. A iniciativa tem como foco apresentar a Instituição a crianças e adolescentes, voltado para o fortalecimento da honestidade nas relações interpessoais, construção da cidadania e prevenção da corrupção.

Cada um dos alunos recebeu o Kit do Programa. Para melhor assimilarem o conteúdo conversado, a Promotora de Justiça pediu para que os estudantes lessem em voz alta as frases impressas nos lápis do kit e foi relacionando as mensagens com o conceito de cidadania.

Ao final, os estudantes conheceram a estrutura do Fórum da comarca de Canoinhas e o Sargento Alisson, coordenador do Programa Protetor Ambiental, recebeu um Certificado de Multiplicador do Programa Cultivando Atitudes.

A visita foi combinada em agosto, quando a Promotora de Justiça realizou uma aula magna para a atual turma do programa. "São adolescentes muito dedicados e interessados, não apenas em questões do meio ambiente, mas também em noções de cidadania, respeito, ética e democracia. Para se tornarem Protetores Ambientais, eles passaram inclusive por um teste seletivo, cuja nota de corte foi bem alta. Isso mostra a preocupação deles com as causas ambientais".

Antes de irem embora, os protetores ambientais presentearam Ana Paula com um terrário feito em lata de sardinha, onde estavam plantadas mini suculentas e cactus. O material foi produzido após uma aula que tiveram sobre gestão de resíduos sólidos e reciclagem.

O projeto

O Programa Protetor Ambiental é oferecido pela Polícia Militar Ambiental a adolescentes de 12 a 14 anos de idade. Os encontros são semanais e gratuitos. São oferecidas aulas temáticas, com capacitação para atuarem como defensores ambientais, multiplicadores da consciência ecológica. A primeira turma foi montada em 1999 em Rio do Sul. Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

Mais informações: https://www.mpsc.mp.br/

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>