Agricultura familiar deve ter 2019 difícil com menor orçamento para políticas públicas

 M�o�n�i�t�o�r�a�m�e�n�t�o� �d�e� �A�g�u�a

A agricultura familiar deve ter um ano difícil em 2019. De acordo com Aristides dos Santos, presidente da Contag, confederação que representa os trabalhadores rurais e agricultores familiares.

De acordo com ele, os cortes no orçamento de programas voltados para agricultura familiar. Em 2018, o valor destinado a esses programas era de R$ 7 bilhões. Foi reduzido para R$ 5,8 bilhões em 2019.

contag

"O maior desafio para o próximo ano será convencer o governo que a agricultura familiar precisa de apoio. Precisamos também recuperar os orçamentos perdidos e mostrar que a reforma agrária é necessária", disse.

Santos também afirmou que a extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário, que aconteceu durante o governo de Michel Temer, deixa o agricultor familiar dentro do Ministério da Agricultura, onde também está o agricultor patronal. "A tendência é concentração de esforços para os grandes produtores e deixar de lado os pequenos", afirmou. "A agricultura familiar sem incentivo vai prejudicar toda a sociedade". Fonte:https://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural

 

Mais informações: http://www.contag.org.br/

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4309
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>