Agroempreendedores de Jaraguá do Sul recebem capacitação para acolher na propriedade

 jaraguadosulturismo2

Mais um passo foi dado no fomento ao agroempreendedorismo turístico em Jaraguá do Sul. No final de agosto foi iniciada a capacitação em Agroturismo, reunindo 26 participantes.

Destes, 21 inscritos através do edital de chamamento público, mais quatro servidores da Diretoria de Turismo e uma representante do escritório da Empresa de Pesquisa e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri ) de Jaraguá do Sul.

O segundo encontro está marcado para 10 de setembro, quando serão abordados os princípios e as normas do projeto.

A capacitação em agroturismo tem duração prevista de seis meses e será ministrada pela engenheira agrônoma Lucilene Assing. Segue os moldes do projeto “Acolhida na Colônia”, que surgiu na França em 1987 e foi implantado no Brasil em 1999. O modelo valoriza a simplicidade da vida campesina, os produtos orgânicos, ecossustentáveis e naturais.

A execução das etapas inclui palestras e oficinas, viagem técnica e diagnósticos das propriedades rurais dos proprietários, arrendatários e produtores rurais que pretendem receber turistas para consumirem seus produtos.

Encontros mensais

A palestrante Lucilene Assing, que percorre os municípios catarinenses interessados em investir no turismo rural, avaliou positivamente o público-alvo da capacitação em Jaraguá do Sul:

“Houve bastante interação com o grupo e cada um apresentou o que já tem na propriedade. Pude avaliar que já têm muitas pessoas desenvolvendo atividade de turismo, ou que já têm ideia do que fazer. Então, já são pessoas que estão voltadas para a área do agroturismo, com bastante interesse de desenvolver essa atividade”, assinala Lucilene.

jaraguadosulturismo

Geração de renda e trabalho

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, Domingos Sávio Zancanaro, destaca a importância da iniciativa da Prefeitura voltada ao agroturismo.

“Iniciamos a capacitação do programa de agroturismo, nos moldes do Acolhida na Colônia, para desenvolver e gerar oportunidade no meio rural, comprometido com a produção agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade, valorizando a Agricultura Familiar”, destaca o secretário Domingos.

A definição traz na sua essência a noção de que a atratividade das propriedades rurais está na oportunidade de acompanhar a produção de produtos agrários – doces, geleias, pães, café, queijo, vinhos, aguardentes – ou vivenciar o dia a dia da vida rural, por meio do plantio, colheita, manejo de animais, consumindo os saberes e fazeres do campo.

"Temos expectativas que este grupo de produtores e empreendedores rurais possa se qualificar com a capacitação e melhor empreender nas suas propriedades”, ressalta Zancanaro. Fonte: Prefeitura municipal

Mais informações: emjaraguadosul@epagri.sc.gov.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4305
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>