Programa Mulheres do Agro faz encontros regionais em Lages, Rio do Sul e Mafra

faescencontromulheres1

As mulheres estão assumindo cada vez mais um protagonismo marcante no agronegócio brasileiro e especialmente catarinense. Reconhecendo a força da representatividade feminina no meio rural, o Sistema Faesc/Senar criou o Programa Mulheres do Agro Catarinense. 

Três edições regionais do programa estão previstas para este mês de outubro: dia 3 em Lages, dia 17 em Rio do Sul e dia 18 em Mafra.

faescencontromulheres

Em Lages, 0 1º Encontro de “Mulheres do Agro Catarinense” do Planalto Serrano foi realizado na sede do Sindicato Rural de Lages, no Parque Exposições Conta Dinheiro.

Entre as 30 participantes, a advogada e pecuarista Elimari Martins, de Florianópolis, que  possui um terreno no município de Urubici, na Serra Catarinense, conta que cria bovinos e ovinos. Segundo ela, atualmente mantém um plantel de 120 cabeças de gado, entre machos e fêmeas da raça Devon. Além disso, são 80 ovelhas da raça Hampshire Down. ”O agronegócio é minha paixão” define Elimari explicando que todos os fins de semana ela vai para sua propriedade em Urubici. 

Além disso, o evento também contou também com a participação do presidente do Sindicato Rural de Lages, Márcio Cícero Neves Pamplona, do presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo e da advogada Andréia Barbieri Zanluchi, responsável pelo Departamento Sindical da Faesc. 

Durante o evento foram apresentados vários temas se incentivo. O advogado Renato Vieira de Ávila palestrou sobre “O empoderamento feminino no agronegócio familiar catarinense”.

A coordenadora do Programa Mulheres do Agro Catarinense e técnica em atividades de formação profissional do Senar/SC, Nayana Setubal Bittencourt, coordenou a formação da Comissão “Mulheres do Agro Catarinense” do Planalto Serrano. “A intenção da Faesc é fazer com que cada Sindicato Rural tenha representante na comissão estadual” explica 

De acordo com Nayana é muito importante que as mulheres estejam envolvidas na tomada de decisões de atividades da agropecuária catarinense, contribuindo com ideias e ações para a evolução do setor em Santa Catarina.

A busca por capacitação em técnicas de produção rural e empreendedorismo está aumentando a cada ano entre as mulheres. Em 2018, elas já representaram 56,40% de participantes nos cursos ofertados em território catarinense pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc). 

 

Vale do Itajai e Região Norte

O 1º Encontro de “Mulheres do Agro Catarinense” do Vale do Itajaí ocorrerá no dia 17 de outubro, no Hotel Aliança Express (Rua Bulcão Viana, 167 – Jardim América), em Rio do Sul. A abertura será feita pelo superintendente do SENAR em Santa Catarina Gilmar Antônio Zanluchi.

Da mesma forma, em Mafra será realizado o 1º Encontro de “Mulheres do Agro Catarinense” da região Norte no dia 18 de outubro. As atividades serão desenvolvidas no Suzin Hotel (Rua Felipe Schmidt, 522), no centro. O superintendente Zanluchi fará a instalação do evento.

 

A programação básica dos três encontros é a mesma.

A busca por capacitação em técnicas de produção rural e empreendedorismo vem aumentando a cada ano entre as mulheres. Em 2018, elas representaram 56,40% de participantes nos cursos ofertados em território catarinense pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc).

“Potencializar a atuação das mulheres no agronegócio. Esse é o nosso maior objetivo. A presença e a participação da mulher no agronegócio têm impactos extremamente positivos, tanto no aumento da produção agrícola, quanto no fortalecimento dos sindicatos rurais por meio de uma gestão de qualidade e sustentável do agro catarinense”, observa o presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo.

De acordo com a coordenadora do Programa Mulheres do Agro Nayana Setubal Bittencourt é importante que as mulheres estejam envolvidas na tomada de decisões de atividades que envolvem a agropecuária catarinense, contribuindo com ideias e ações para a evolução do setor em Santa Catarina.

O superintendente do Senar/SC Gilmar Antônio Zanluchi ressalta a força feminina em todos os espaços que elas ocupam. “Dizem que por trás de um grande homem existe uma grande mulher, mas na verdade é ao lado, crescendo junto. No agronegócio as propriedades que contam com a figura feminina, principalmente na gestão, o desenvolvimento é evidente. Elas são organizadas, dinâmicas, criativas e têm uma visão empreendedora”.

 

Mais informações: http://www.sistemafaesc.com.br

Secretaria Executiva Estadual do SC Rural – (48) 3664 4305
Endereço eletrônico: imprensa@scrural.sc.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>